Como viajar sem falar inglês? 7 dicas para você fugir dos perrengues

Com as férias de fim de ano chegando, muita gente se prepara para as viagens. E muitos se preocupam com o inglês para viagens. Viajantes novos e mais tarimbados têm receio de ir ao exterior e não conseguir se comunicar. É possível visitar países de língua inglesa e conseguir se comunicar ainda que você não fale inglês fluente. Neste post, vou dividir contigo 7 dicas para você conseguir dar conta do inglês para viagens e não passar perrengue. Nem pense em deixar de viajar porque o inglês não é 100%. Quando mais você se expor ao idioma, mais chances de na próxima viagem ele estar bem melhor.

1. Use o inglês como ferramenta

Você quer ou vai fazer uma viagem ao exterior e está morrendo de medo de não conseguir entender e falar o inglês? Encare esta viagem como uma grande oportunidade para você aprender mais sobre a cultura e a língua locais. Para você aprender mais do inglês, use a própria língua para te ajudar. Fazendo as perguntas certas em inglês, você vai se comunicar e fugir de perrengues e, além disso, voltar com o vocabulário recheado de novas expressões.

Algumas frases que você pode usar:

Hi, could you help me please? I´m lost – Você pode me ajudar, por favor? Eu estou perdido.
Sorry, I don´t speak English. Do you speak Spanish or Portuguese? – Desculpe-me, mas não falo inglês. Você fala Espanhol ou Português?
Could you speak slower, please? – Você pode falar mais devagar, por favor?
Could you write that down please? – Você pode escrever isso por favor?
What´s this? – O que é isso? (Imagine-se fazendo esta pergunta em uma feira, a cada fruta que você pegar – você vai aprender o nome de muita coisa).

CLIQUE-AQUI-E-CONHEÇA-1

2. Seja gentil e educado. A educação abre portas

Em muitas situações nos preocupamos demais com o que não é mais importante. Por exemplo, quando em um novo país, você pode estar preocupado em falar a língua local perfeitamente, sem nenhum erro de gramática; quando, na verdade, talvez seja mais importante ser polido e educado do que não errar na gramática.

Use as palavrinhas mágicas como “com licença”, “por favor”, “desculpe” e “obrigado” para estabelecer um contato mais amistoso e uma melhor comunicação.

Algumas frases que você pode usar:

– Hi, excuse me. Could you help me? Could you show me where the Flowers Hotel is? – Olá, com liceça. Você poderia me ajudar? Você poderia me ajudar onde o Hotel Flowers fica?
I´m sorry I don´t speak English – Desculpe-me, não falo inglês.
Thank you. I aprecciate that. – Obrigada, eu agradeço muito.
You´re welcome. No problem. – De nada, sem problemas.


3. Use o que você já conhece como ponto de partida

Você já percebeu que costumamos focar muito mais no que não sabemos do que no que sabemos. Você diz que não fala nada de inglês quando ouve uma frase ou lê um texto. Mas se você prestar bem atenção, vai notar que você pode entender algumas palavras soltas, talvez até mesmo frases. Há palavras em inglês que são muito similares ao português e que podem te ajudar. Quer um exemplo? Se no check-in, alguém te falar uma frase e você conseguir identificar a palavra “baggage”, você consegue entender, não?

Nós somos um conjunto de muitos aprendizados e referências que recebemos ao longo da vida. Conseguimos abstrair o significado utilizando a linguagem visual, observando uma cena, entendendo o lugar em que estamos e prestando atenção no contexto. Preste atenção em tudo isso e você perceberá que entende mais do que imaginava.

4. Aprenda palavras-chave e expressões prontas

Você vai para o exterior e não fala inglês. Ok. Então, partimos do princípio de que você não entenderá mesmo 100% do que lhe é dito nem terá conversas profundas na língua. Pelo menos não nesta viagem.

Isso não significa que você não possa se comunicar de forma básica nas principais situações de uma viagem. Aprenda palavras-chave e expressões que vão ser usadas nas situações previsíveis, como check-in no aeroporto, táxi, hotel, restaurantes.

O que acha de estudar pequenos diálogos como este?

At the check-in – Airport
Attendant: Hi. Where are you flying to today?
Customer: I´m flying to New York.
Attendant: Can I see your ticket and passport please?
Customer: Sure. Here you go.
Attendant: Do you have any check-in baggage?
Customer: Yes, I have one bag.
Attendant: Do you have any hand baggage?
Customer: Yes, one suitcase.
Attendant: Here is your boarding pass. Have a nice flight.

No check-in – Aeroporto
Atendente: Olá. Para onde você está voando?
Passageiro: Eu estou indo para Nova Iorque.
Atendente: Posso ver sua passagem e passaporte por favor?
Passageiro: Sim, aqui estão.
Atendente: Você vai despachar alguma bagagem?
Passageiro: Sim, uma mala.
Atendente: Você tem alguma bagagem de mão?
Passageiro: Sim, esta mala pequena.
Atendente: Aqui está seu cartão de embarque. Tenha um bom voo.

5. Faça as pazes com seus erros

Um dos entraves na hora de aprender inglês (ou qualquer coisa, na verdade) é o medo excessivo de errar, o receio de passar vergonha, de “pagar mico”. Vou te dizer uma coisa que pode te desmotivar ou te libertar para sempre: você vai errar. Muito. Vai dar fora. Vai tentar falar e não vão te entender. Isso vai acontecer, ainda que você se prepare estudando inglês por uma hora ou por quatro anos.

O erro faz parte do processo de aprendizagem. Você já deve ter notado que quando viaja comete erros primários e engraçados. Uma vez eu estava no Rio de Janeiro e parecia uma barata tonta, tentei descer pela escada rolante que subia. Eu já havia usado escadas rolantes antes. Mas lá estava tentando me localizar e cometi este erro besta. E sabe o que eu fiz? Eu ri da minha cara de panaca.

E a melhor forma de você se abrir para um novo aprendizado ou experiência é rindo da sua cara e encarando estes erros de uma forma mais leve, entendendo que são parte do aprendizado. Quando mais erros você cometer, mais perto está de dominar um conhecimento ou uma arte.

6. Lance mão de aplicativos

ipad-1721399_1920

O mundo está menor com a tecnologia. E as barreiras linguísticas também. Atualmente você consegue se comunicar com pessoas de línguas diversas utilizando aplicativos. Alguns dos mais bacanas para você baixar no seu celular ou tablet antes da viagem são:

Google Translator – O tradutor do Google tem melhorado a cada ano, com traduções mais precisas e ferramentas como a possibilidade de ouvir a pronúncia da palavra, para você ficar ainda mais craque na hora de ensaiar uma frase ou pergunta.
Itranslate Voice – Este aplicativo para tradução simultânea conta com precisão no reconhecimento da voz. Assim, você grava a frase que alguém te falou em outra língua e o aplicativo a traduz para você. Há traduções em mais de 40 idiomas.
Dicionário de viagens – Este aplicativo conta com frases feitas para viagem, que podem te ajudar a abrir os caminhos fora do País.
Nemo Inglês – Para treinar o inglês antes de viajar. Você aprende palavras e frases e pode gravá-las para melhorar a pronúncia e memorizar o conteúdo

7. Tenha a mente e o coração abertos de um viajante

Quem viaja sabe que o melhor da viagem são as descobertas. Quando estamos abertos às novas experiências, conhecemos pessoas bacanas, lugares inusitados, aprendemos com as situações. Com a nova língua é a mesma coisa. Esteja aberto, observe. Você vai perceber que estando de coração aberto, sem uma auto cobrança e pressão excessivos para ser perfeito e dar conta do recado de qualquer forma, você vai conseguir se comunicar (e aposto que isso renderá ótimas histórias para a posteridade) e aprender muito. Na sua próxima viagem, você terá um inglês melhor e uma autoconfiança turbinada.

Se você quer se sentir mais preparado para sua próxima viagem internacional, conheça nosso Workshop de Inglês Para Viagens. Neste curso online, de 4 horas de duração, você vai aprender as principais frases e expressões para usar durante a viagem. E poderá tirar dúvidas para se sentir mais seguro para viajar. Entre em contato e reserve sua vaga.

 

 

16 thoughts on “Como viajar sem falar inglês? 7 dicas para você fugir dos perrengues

  1. Jackeline Fernandes

    Fazer a tão sonhada viagem para fora já é um grande desafio e se puder acrescentar no inglês treinar então o desafio dobra. Estou prestes a passar por isso e as dicas são ótimas. Muito obrigado!

    1. Fábio Mendes

      Que bom que gostou das dicas Jackeline! Espero que você faça uma ótima viagem e aproveite bastante as dicas. E a viagem também, claro!

  2. Sah

    Adorei suas dicas! Acho importante ter uma listinha com as principais frases para quem não fala muita coisa, além de aplicativos que traduzem em mensagem de voz e um tradutor básico mesmo no celular, realmente ajuda!
    Além disso, ficar de bem com os erros é uma ótima maneira de aprender. Imagine como um estrangeiro fala português aqui e como nos esforçamos para entendê-los e se coloque na posição dele, assim verá que o oposto também acontece com a gente e os demais serão compreensíveis com nossos erros.

  3. Joana D'arc

    oi!
    Que dica maravilhosa 😀 eu não falo muito bem o inglês, prefiro o espanhol. Não costumo usar o aplicativo tradutor pois não dá muito certo 😉
    bjo

  4. Alice Martins

    Olá, tudo bem?

    Que post maravilhoso, com certezas um dos melhores que já li sobre o assunto. Confesso que meu inglês não é muito bom e por isso mesmo tenho muito receio de viajar e não conseguir me comunicar direito por causa do idioma, então é claro que amei essas dicas e anotei todas. Como você bem pontuou, o importante nestes casos é preparar frases prontas, usar e abusar de aplicativos e ser educado sempre. Excelentes dicas!

    beijos!

  5. Erica Oliveira

    Tudo que você falou é a mais pura verdade, já perdi a conta de quantas vezes deixei de viajar por medo de não dar conta da língua, mas por outro lado, destravar é uma lição bem complicada rsrs e acho que requer muitos e muitos treinos rsrs

  6. Carol Nakamura

    Adorei as dicas!! Tem um aplicativo bem legal que funciona com a câmera, você posiciona por exemplo o cardápio em frente ao seu celular com esse app e ele aparece na tela todo traduzido haha, usei esse app quando morei nos EUA e me salvou em vários situações. Pena que esqueci o nome agora 🙁

  7. Thais Oliveth

    Nossa, amei as dicas! Sou louca para viajar para fora, mas quando penso em viajar acabo viajando por aqui mesmo com medo por falta de inglês.. as vezes viajar para o Brasil sai mais caro que viajar pra fora.. Mas seguirei suas dicas.. para praticar eu costumo tentar conversar com parentes que são fluentes, já ajuda bastante..

  8. Adriane Melo

    Adorei as dicas! Realmente o uso de aplicativos são essenciais para quem não tem afinidade com a língua inglesa. Eu uso mto o Google tradutor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial