Congonhas do Campo – uma parada profética e imperdível nas cidades históricas

congonhas-do-campo-3 (1)

Se existe uma versão do “Ir a Roma e não ver o Papa” para as cidades históricas de Minas Gerais, sem dúvida é não ir a Congonhas do Campo e conferir de perto os Doze Profetas e os Passos da Paixão de Cristo em uma viagem pela região. Ambas estão entre as mais importantes obras artísticas já feitas no Brasil.

As 12 estátuas que decoram o adro do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos foram produzidas com pedra sabão entre os anos de 1800 e 1805 por Aleijadinho. Foram tombadas pelo Sphan (atual Iphan, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em 1939.

A imagem que se tem das estátuas é de um imponente exército protegendo o templo, localizado estrategicamente no alto de um morro íngreme. As imagens têm a riqueza de detalhes típica das obras barrocas de Aleijadinho e observá-las de perto representa uma nova surpresa a cada momento.

 

Infelizmente, nem todas essas surpresas são boas. As 12 estátuas enfrentam um processo de degradação causado pelo tempo, já que a pedra-sabão é relativamente frágil e as estátuas estão a céu aberto, sem proteção.

O conjunto dos Doze Profetas é enriquecido pelos Passos da Paixão de Cristo. Logo abaixo do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos estão as seis capelas. Em cada uma delas, há esculturas que representam os últimos momentos de Jesus, desde a célebre última ceia até a crucificação.

congonhas1 (1)congonhas do campo

Estas estátuas (66 ao todo) foram esculpidas em madeira de cedro por Aleijadinho, a partir de 1796. Elas impressionam pela beleza e detalhismo inéditos até então em obras sacras deste porte no Brasil. As capelas foram construídas para serem vistas em ziguezague, enquanto se sobe o monte que leva ao santuário. Elas são fechadas e observa-se seu interior a partir de grades em uma porta de madeira. Recentemente, as capelas ganharam nova iluminação, para valorizar ainda mais a arte.

O conjunto de obras criou um efeito único na pequena cidade de 50 mil habitantes. Sua beleza chamou a atenção da comunidade internacional e ela foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, em 1985.

Ao lado do complexo formado pela Igreja e as capelas está um beco repleto de lojinhas de artesanato. Réplicas dos 12 profetas, lembranças, artigos de decoração e outras bugigangas podem ser adquiridas a bom preço por aqueles que buscam uma bela recordação do passeio. Mas, sem dúvida, a melhor delas é a imagem guardada na retina destes belos trabalhos de Aleijadinho.

congonhas-do-campo-4 (1)

TEXTO: FÁBIO MENDES
FOTOS: ÉRICA FRANÇA E FÁBIO MENDES

Leia mais:

São João Del Rei

Ouro Preto: Museu da Inconfidência

Ouro Preto: Nossa Senhora do Pilar

Ouro Preto: o que ver

Tiradentes

Trem de Ouro Preto a Mariana

Related Post

40 thoughts on “Congonhas do Campo – uma parada profética e imperdível nas cidades históricas

    1. Fábio Mendes Post author

      Aleijadinho tem obras incríveis, mesmo. Tem muita coisa linda dele nas cidades históricas. E os profetas são uma das mais incríveis. Beijos!

  1. Vany NUNES

    Que delícia de lugar! ótima dica para uma viagem histórica e que acrescenta muito em nossas vidas! Gosto de viajar para lugares que possuem belas vistas assim e que enobrece nossa cultura!

  2. Ficar Bem

    Nossa que Cidade linda! Meu irmão viveu perto de Congonhas, ele e a família estavam sempre lá. Eu amei as fotos, penas eu fui para casa do meu irmão, mas no final do ano eles estavam trabalhando muito então não podemos ir. Eu fiquei lá por uma semana, mas um dia eu vou conhecer esta cidade magnificar um abraço.

    1. Fábio Mendes Post author

      A cidade é incrível, adorei conhecer! Tente voltar para lá e se conhecer o santuário, conte como foi. Abraços!

  3. Minda Silva

    O lugar é aconchegante, lendo teu texto fico me perguntando o que fiz da minha vida que não fui conhecer lugares assim? Bom, ainda tenho tempo …
    Adorei, as fotos são convidativas .

    Bjos
    Minda ❤ ?

    1. Fábio Mendes Post author

      Obrigado, Minda! As cidades são aconchegantes, mesmo. Adorei todas elas. E quando puder, visite-as também!

    1. Fábio Mendes Post author

      Que bacana, Luisa! Essas cidades são mesmo encantadoras. Pretendo voltar logo para lá, pois é um dos lugares mais incríveis do Brasil.

  4. Erica Oliveira

    Quando vc falou das estátuas de pedra sabão eu logo imaginei “mas elas não se degradaram ainda?” aí logo em seguida vc respondeu minha pergunta, é uma pena que isso esteja acontecendo pq sou mega fã das obras de aleijadinho e todas essa cultura das terras mineiras. Quando visito esses lados não deixo de conhecer esses lugares pq é eles que nos dizem muito sobre a cidade.
    Adorei a dica e já anotei pq elas são sempre bem vindas.

    1. Fábio Mendes Post author

      Pois é, Erica. As esculturas são belíssimas, coisa linda mesmo. Mas infelizmente estão em processo adiantado de degradação. Ainda assim, vale muito a visita!

    1. Fábio Mendes Post author

      Oi, Aline. Obrigado pelos elogios! 😀

      congonhas é uma cidade linda! E esse Patrimônio da Humanidade tem preocupado pela degradação. Mesmo assim, continua lindo! Beijos!

  5. Rafael

    Foi muito bom rever essa cidade, pois sempre gostei de viajar e foi o que eu mais fiz na minha vida, conhecer varias cidades desse nosso Brasil, principalmente as do interior, por acreditar que a maldade ainda não chegou nelas.
    Tive a felicidade de conhecer as obras de aleijadinho e outras curiosidades, belezas que o interior mineiro tem para nos oferecer
    Sua resenha me transportou para esses momentos legais da minha vida, parabéns pelo texto narrativo, tenho certeza de que quem ainda não teve a oportunidade de conhecer a cidade terá ao menos curiosidade de querer saber mais

    Abraços
    Rafael

    1. Fábio Mendes Post author

      As cidades históricas de Minas são lindíssimas, um grande patrimônio e grandes destinos de viagem! Ver as obras do Aleijadinho de perto é uma experiência marcante. Abraços!

  6. Lorena Caribé

    Olá !!! Que interessante seu post, lindas fotos !!!
    Tenho muita vontade de conhecer muitas cidades em Minas gerais
    espero poder incluir esse roteiro também nas próximas viagens
    muito sucesso, bjooooooooo

    1. Fábio Mendes Post author

      Há alguns anos estão trabalhando para recuperar, mas é bem difícil mesmo. Mesmo assim, o lugar é lindíssimo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial