7 dicas para viajar mais e melhor

 

Dicas para viajar

Existem mil maneiras de viajar. Siga algumas dicas e escolha a sua preferida

Nós sempre batemos na mesma tecla: viajar não é um privilégio para poucos. Não importa se você tem pouco tempo, se o orçamento é apertado ou se você tem crianças pequenas: com um pouco de planejamento, força de vontade e, vá lá, alguns sacrifícios, qualquer um pode conhecer a atração turística de seus sonhos. No entanto, para transformar esses sonhos de viagem em realidade, é preciso seguir algumas recomendações básicas e que, vez ou outra, muitos acabam deixando para trás. Anote as dicas para viajar mais e melhor. E arrume as malas.

1) Viajar com economia não é passar perrengue
Uma ideia que permanece fixa na mente de muitas pessoas é que, para economizar em uma viagem, você precisa bancar o franciscano. Para ir ao exterior, então, só dormindo em bibocas, comendo em restaurantes de qualidade duvidosa ou deixando de fazer os programas essenciais. Nada mais falso. Com algumas medidas práticas, é possível reduzir em pelo menos 30% os gastos com uma viagem, sem abrir mão do conforto ou dos programas que você deseja fazer no destino. O segredo: muita pesquisa, dedicação e um pouco de criatividade. No final deste texto, apresentaremos uma grande surpresa, que irá lhe ajudar muito a economizar nas suas viagens.

Confira: como economizar em qualquer viagem


2) Uma viagem bem planejada vale por duas

dicas para viajar

Você quer brincar na neve?

Só na ficção o sujeito escolhe um local aleatório no mapa e sai correndo de mochilas às costas. Uma boa viagem precisa de organização para reduzir ao máximo os imprevistos. Quer viajar para um determinado destino? Pesquise qual a forma mais rápida e/ou barata de chegar, quais os melhores pontos para se hospedar e comer. E, claro, quais as principais atrações turísticas do lugar. Antes de tudo isso, tente saber se o destino para o qual você cogitou ir combina com você ou sua situação atual. Ir a Ibiza se você gosta de sossego, a Fátima se você não é religioso ou a Paris logo após sofrer uma grande desilusão amorosa não parecem ser uma boa ideia.

3) Faça a sua viagem, não a dos outros
Há quem vá a algum destino turístico e só pense em ir nas atrações mais conhecidas. Outros, ao contrário, preferem programas desconhecidos do grande público. Não importa qual desses perfis é a sua cara: você sempre vai ser questionado por amigos, colegas e familiares. “Ah, mas porque você não visitou tal atração?”. “Mas você foi pra lá no inverno? No verão é muito melhor!”. Esqueça esse caminhão de regras impostas pelos outros: faça a viagem da maneira que você e seus acompanhantes desejam. Só ande de gôndola em Veneza ou de bondinho no Rio se foi exatamente isso que você quer. Atender o desejo dos outros só vai te frustrar, quando perceber que gastou seu precioso tempo fazendo o que não pretendia.

Tire todas as suas dúvidas sobre o novo passaporte

4) A internet não é um bicho-papão
Embora a internet já faça parte da rotina da maioria das pessoas, muitos ainda têm receio de utilizá-la para fazer compras, operações bancárias ou outras atividades. Todo esse medo, no entanto, é exagerado: a internet não é um bicho papão e, se utilizada com inteligência, será uma grande aliada no planejamento da viagem. Vários sites podem ajudar a fugir de filas, tornar o planejamento mais fácil e até mesmo reduzir custos. Instale um bom anti-vírus no computador, pesquise quais sites e aplicativos são os mais confiáveis e mergulhe de cabeça em busca das informações (e promoções) que procura.

5) Em uma viagem, dá pra fazer muito, mas não tudo

dicas para viajar

Cidades como Lisboa têm milhares de atrações. É preciso escolher algumas

Quando mais fantástico for o destino, mais atarantado você vai ficar ao chegar lá, com tanta coisa a ver ou fazer. E dá-lhe museu que exige horas para ser visto totalmente, a rua com trocentas lojinhas de artesanato típico, a cidade com milhões de prédios históricos… Quanto mais cedo você colocar na cabeça que não dá pra visitar tudo, mais você vai aproveitar a viagem. Antes de sair de casa, defina prioridades: qual atração você vai querer ver de qualquer jeito, quais você verá apenas se tiver tempo livre e quais são dispensáveis. Otimizar seu roteiro é garantia de aproveitá-lo melhor.

Saiba como aproveitar melhor os feriadões


6) Existe vida além das agências de viagem

Agências de viagem são práticas: elas traçam um roteiro prontinho para você e ainda parcelam os custos em prestações a perder de vista. Mas acredite: é possível curtir (e muito) uma viagem fora desse esquema. Viajar por conta própria te dá liberdade, autonomia e, em alguns casos, até economia. Você faz o que quiser, quando e como quiser. E ainda se livra daquele acompanhante chato que arranjaram pra sentar do seu lado no transfer.

7) O obstáculo está apenas em sua mente

dicas para viajar

Nós no Coliseu, em Roma. Mesmo com uma menina pequena, conseguimos aproveitar a viagem ao máximo, com economia.

Você pode viajar para qualquer lugar, mesmo se estiver sozinho. Viajar com filhos pequenos também é perfeitamente possível. Você tem mais de 30 anos e ainda sonha em fazer um intercâmbio? Por que não? Os filhos estão criados e vocês estão aposentados? É um ótimo momento para aproveitar a vida a dois e fazer uma viagem romântica. Todos esses fatores costumam ser apontados como motivos para não viajar. Mas observe as pessoas que viajam: a maioria delas também passa pelas mesmas situações. E mesmo assim elas viajam. Ou seja: depende apenas da sua força de vontade e planejamento para conhecer o Brasil e o mundo. “Ah, mas o dinheiro anda apertado”. Acho que o mesmo vale para todo mundo, não? Pense nisso.

Honeycomb (1)
Coloque seu e-mail abaixo e clique em Subscribe:
E-mail:  


FOTOS: ÉRICA FRANÇA E FÁBIO MENDES

Related Post

2 thoughts on “7 dicas para viajar mais e melhor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial