Mesmo que você tenha apenas um dia, vá a Belo Horizonte

belo horizonte

Um diazinho só para uma das maiores capitais do Brasil é muito, muito pouco. Mas, na minha primeira viagem a Belo Horizonte, deixei o sábado para visitar Inhotim, em Brumadinho, e reservei apenas o domingo para a capital mineira. Não me arrependi, porque o instituto de arte contemporânea é belíssimo e um passeio incrível. Mas fiquei com muita vontade de voltar novamente a BH para conhecer melhor esta cidade incrível.

Mesmo com a falta de tempo, deu para sentir um pouco da cidade de Belo Horizonte e conhecer alguns pontos de interesse, que divido com vocês.

Parque Municipal Américo Reneé Giannetti
Num domingo, dia em que o visitei, o parque municipal fica cheio e animado. Há brinquedos para crianças, lagos com barquinhos e pedalinhos, muita sombra, um amplo gramado, onde havia muita gente tirando um soninho da tarde.

Em um palco, um grupo cantava músicas para crianças, animando a galera. Enfim, um dia de domingo como deve ser.

O parque é muito bonito e convida os visitantes da Feira de Artesanato para uma caminhada. Ali dentro, também estão o Orquidário, o teatro Francisco Nunes e o Palácio das Artes, além de mais de 50 espécies de árvores.

O parque, uma das instituições de Belo Horizonte, foi inaugurado em 1987 e é inspirado nos parques franceses da Belle Époque.

belo horizonte

Feira de Artesanato
A Feira de Artesanato na avenida Afonso Pena tem centenas de barracas de artigos diversos. Há artigos de decoração, souvenires, barracas de comida e bebida, roupas femininas, masculinas e infantis, sapatos, bolsas, cintos, colares e diversos acessórios para você e para sua casa.

A feira é um convite para gastar dinheiro. Mas vale a pena investir em alguns souvenires e acessórios mineiros.

A feira surgiu em 1969 a partir da ideia de alguns artistas mineiros de se unir. Primeiro, eles ficavam na Praça da Liberdade. Depois, mudaram-se para a avenida Afonso Pena, em 1991, onde estão até hoje. A feira, aos domingos, tem cerca de três mil expositores em 17 setores. É outra atração obrigatória de Belo Horizonte.

Praça da Liberdade
A praça que fica em frente ao Palácio da Liberdade, sede do governo do Estado de Minas Gerais, é muito bem cuidada e convida a uma caminhada, a uma corrida ou ao ócio total. Com palmeiras imperiais, um gramado impecável, coreto e fontes luminosas, é um passeio agradável e para ser feito sem pressa.

Andando ao redor da praça, você pode fazer exercícios físicos, pois há marcadores que o auxiliam na contagem dos metros caminhados. Ou então pode aprender um pouco de História, pois há placas espalhadas pela praça contando a história da praça e, consequentemente, da cidade.

O passeio também convida a apreciar os prédios com arquitetura dos séculos XVIII e XIX, que lembram um pouco os prédios antigos do centro de São Paulo. Os mais bonitos abrigavam secretarias estaduais e agora são museus, parte de um circuito cultural bem bacana. Um dos prédios lindos é o que abriga o Centro Cultural Banco do Brasil. Lindo e enorme. Tive a impressão de que ele é maior que o CCBB de Sampa.

Isso tudo sem contar o próprio edifício-sede do governo, que também é bem imponente.

belo horizonte

Niemeyer
É fácil de notar as mãos de Oscar Niemeyer na arquitetura de Belo Horizonte. Ao lado da Praça da Liberdade, há um prédio que me lembrou muito o Copan, mas com uma curva a menos. 😛 Pela rápida pesquisa que fiz na Internet, realmente é um prédio de sua autoria, chamado Edifício Niemeyer.

Não tive a oportunidade de conhecer a Pampulha, onde também há obras de Niemeyer, mas passei, na Linha Verde – via que liga a cidade ao Aeroporto de Confins – pela Cidade Administrativa.

A Cidade Administrativa pretende unir em um mesmo espaço todos os órgãos do governo estadual. Vendo do carro, me pareceu uma mini-Brasília.

belo horizonte

belo horizonte

O Copan de BH

TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTOS: ÉRICA FRANÇA E FÁBIO MENDES

 

Mais de Minas Gerais:

Inhotim: É tudo verdade

Cidades históricas

Gonçalves

Parque Estadual do Ibitipoca

Monte Verde

5 thoughts on “Mesmo que você tenha apenas um dia, vá a Belo Horizonte

  1. Fábio Mendes

    Belo Horizonte é o clichê comprovado. Mas neste caso não é algo ruim: a cidade é muito gostosa de curtir.

    Mas acho que você deveria colocar a foto em que o poste leva o trenzinho para passear…

    1. Fernando David Alves

      Eu não acho . Sou morador aqui e digo. Não tem nada que preste a não ser que vc seja uma pessoa melancólica e triste. A lagoa da Pampulha é fedorenta, a feira Hippie vende produtos chineses , nada de artesanato . E tudo é caro. A única coisa que presta e olhe lá são alguns botecos. Mas cuidado com flanelinhas que cobram no mínimo 20,00 . Fora os assaltos. Parque municipal é cheio de gays se beijando e um tanto de mendigo fedorentos. Os brinquedos nem se fala, sem manutenção ha anos. O cheiro de xixi é insuportável nas bancas de revistas e calçadas. A Prefeitura só sabe fazer propaganda mas a cidade não condiz com elas. Não arrisquem . Eu mesmo não saio por aqui. Prefiro visitar as cidades vizinhas .

      1. Érica França Post author

        Olá, Fernando. Agradeço o comentário. Mas não concordo 100%, mesmo levando em conta que não sou moradora e você tem muito mais autoridade para falar da sua cidade do que eu, que passei por aí apenas. Mas não concordo totalmente, porque os problemas que você citou são característicos de grandes cidades. Infelizmente, eles acabam mesmo tirando o brilho de alguns lugares. Em São Paulo, por exemplo, eu AMO o Parque da Luz, ele é muito lindo, mas mal conservado e até perigoso. Mas, embora tirem um pouco o brilho de alguns lugares, não acho que eles devam ser levados em conta como exclusividade. Há sim aspectos negativos, mas temos também de olhar o que há de bom onde moramos. Digo isso, porque quando gostamos e valorizamos, nós cuidamos mais. Se você gosta da sua cidade, briga e luta por ela, cobra providências dos entes competentes e, assim, ela vai melhorando mais!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial