Pinacoteca do Estado de São Paulo é passeio delicioso

Quem passa pela avenida Tiradentes, no centro de São Paulo, avista um prédio imponente ali ao lado da Estação Luz do Metrô (que é imponente por si só): a Pinacoteca do Estado de São Paulo. Trata-se do museu de arte mais antigo da cidade.

pinacoteca

Com projeto de Ramos de Azevedo, o edifício que foi construído para abrigar o Liceu de Artes é tradicional no município e está inserido dentro do belo Parque da Luz. A arquitetura externa é estonteante, mas por dentro o museu também é belíssimo. Geralmente, há exposições temporárias no térreo e no primeiro andar. No primeiro e no segundo, há salas com exposições permanentes, com um acervo grande do pintor Almeida Júnior, de Itu, por exemplo. Cada tela deste artista vale minutos de sua atenção. E elas o transportam para o universo do caipira paulista.

pinacoteca

Tela de Almeida Junior

A Pinacoteca vale a pena ser visitada, mesmo que você não goste de arte em si. Porque o prédio vale a visita. É amplo, espaçoso, arejado, recebe muita luz do lado de fora. É acessível, com um elevador para portadores de necessidades especiais. E tem uma sacada incrível, com um lustre grandioso. A vista dali também é bacana, de onde se pode ver toda a avenida Tiradentes, onde também estão prédios bacanas como o Museu de Arte Sacra e o Batalhão da Rota, este também de Ramos de Azevedo.

(Um parênteses para quem gosta de arquitetura e de São Paulo: o escritório de Ramos de Azevedo também projetou o Tribunal de Justiça, o Mercado Municipal e o Teatro Municipal, todos em Sampa).

O prédio conta ainda com uma loja de suvenirs com muitos artigos ligados à arte, para que você dê de presente ou se presenteie. Há bolsas, canetas, bottons, canecas. E há muitos livros de arte interessantes. Vale um passeio ali pelo local, que também aceita cartão de crédito.

Outro ponto que deve ser visitado na Pinacoteca é seu café. Ele lembra os cafés europeus, com mesas dispostas fora do prédio, ao lado do Jardim da Luz. O único porém é que há muitos pombos por causa dos farelos de comida que ficam pelo chão. Neste ponto, eles poderiam ser um pouco mais atenciosos.

Jardim da Luz

Infelizmente, o Jardim da Luz não tem o valor e a atenção que merece. Para mim, é um dos parques mais bonitos de São Paulo. Além disso, faz parte de uma região com atrativos turísticos e, por esta razão, deveria ser um ponto de parada de quem passeia pela região.

pinacoteca

Lago no Jardim da Luz

Ele conta com 113.400 metros quadrados, é cheio de árvores e muito verde. Há obras de arte espalhadas pelos jardins, fora os coretos e um aquário. Você desce uma escadinha e se encontra dentro de um pequeno aquário, com algumas espécies de peixes. Do lado de fora, há uma pequena queda d´água.

Mas o Jardim da Luz é um pouco “largado”. Durante o dia, você pode estranhar o acúmulo de pessoas alcoolizadas, mas até que é tranquilo caminhar por ali. No entanto, mais pro final da tarde, você vai encontrar mais pessoas alcoolizadas, além de prostitutas, daquelas não muito vaidosas. Como eu disse, o lugar, infelizmente, não recebe a atenção devida. E se trata do primeiro jardim público da cidade. Uma pena.

Passeios

Se você for à Pinacoteca e ao Parque da Luz, aproveite para incluir no seu roteiro visitas aos seguintes pontos turísticos, todos próximos:

– Museu de Arte Sacra;

–  Estação da Luz;

– Museu da Língua Portuguesa;

– Estação Pinacoteca;

– rua José Paulino, no Bom Retiro.

TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTOS: ÉRICA FRANÇA E DIVULGAÇÃO

Leia mais sobre São Paulo no blog

One thought on “Pinacoteca do Estado de São Paulo é passeio delicioso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial