Pedreira Paulo Leminski, grande teatro ao ar livre de Curitiba, é top em acessibilidade

Quem visita Curitiba quer logo conhecer a Ópera de Arame. Não é para menos, já que o teatro construído em aço e vidro chama a atenção por sua arquitetura misturada à natureza.

Mas, ao lado da ópera, está a Pedreira Paulo Leminski, visita igualmente interessante. A pedreira desativada conta com um palco para apresentações teatrais ao ar livre. O palco fica ao lado de um grande lago e atrás da Ópera de Arame.

Além do interessante que deve ser assistir a uma peça no local, a pedreira me chamou a atenção por um precioso detalhe: a acessibilidade. Logo na entrada, há piso tátil para os deficientes visuais. E este piso segue até o palco, distante da entrada, passando ao lado do lago. Nunca havia visto um piso tátil deste.

Muitas vezes, há locais que são “meio” acessíveis. Há rampas, mas não em todos os lugares, o que apenas “facilita” o acesso a determinados pontos da estrutura. Ou então há o piso tátil, que acaba em uma calçada ainda não reformada. O que vi na pedreira me encheu de alegria e esperança de que tenhamos mais lugares acessíveis de verdade.

Ah, isso sem contar que o nome do local homenageia um poeta curitibano e valoriza nossa literatura.

A Pedreira Paulo Leminski possui cerca de 103 mil , e um palco com 480 m². Desde 1990, quando foi revitalizado, já abrigou apresentações de bandas como Pearl Jam, Bon Jovi, David Bowie, Ramones e Paul McCartney, além do tenor José Carreras.

UPDATE: A Pedreira Paulo Leminski passou por uma série de obras estruturais para se adequar às regras de segurança exigidas para uma praça de shows. O local chegou a ficar interditado por alguns anos, sendo reaberto em janeiro de 2014.


TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTOS: FÁBIO MENDES 

Leia também:

Ópera de Arame

Linha Turismo em Curitiba

Curitiba: cidade de grandes parques

Jardim Botânico

Museu Oscar Niemeyer

Torre Panorâmica

Paço da Liberdade

6 thoughts on “Pedreira Paulo Leminski, grande teatro ao ar livre de Curitiba, é top em acessibilidade

  1. Pingback: Ópera de Arame – cultura, arquitetura e natureza integradas « Viajante em tempo integral

  2. Pingback: Curitiba: cidade dos grandes parques « Viajante em tempo integral

  3. Pingback: Jardim Botânico em Curitiba « Viajante em tempo integral

  4. Pingback: Linha Turismo: passeando por Curitiba « Viajante em tempo integral

  5. Pingback: Museu Oscar Niemeyer « Viajante em tempo integral

  6. Fábio Mendes

    Quando um grande artista vem ao Brasil fazer shows e inclui Curitiba na turnê, o show sempre acontece na Pedreira. Imagine agora um grande show em um lugar sensacional como aquele!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial