Onde ficar em Veneza: listamos 5 motivos para se hospedar em Cannaregio

onde ficar em veneza

Cannaregio tem tudo o que o turista precisa e mais um pouco

Nunca ficamos tão fascinados e surpresos com um lugar como ocorreu ao chegarmos em Veneza. Mesmo já sabendo como era a cidade (um grande lago, ilhas, canais, gôndolas etc), ela nos surpreendeu. E para isso, muito nos ajudou o local que escolhemos onde ficar em Veneza.

Ignoramos algumas recomendações de nos hospedarmos em Mestre (a parte continental de Veneza), onde há hotéis mais baratos, e resolvemos ficar mesmo na porção histórica (e insular) da cidade. Foi muito mais interessante e ainda conseguimos economizar bastante ao alugar um apartamento.

Leia mais sobre Veneza:

Veneza: Guia completo para iniciantes

Como se localizar (e se perder) em Veneza

Palazzo Ducale: atração imperdível

Regata Storica de Veneza

Murano e Burano: para comprar souvenires

 

Antes de argumentar sobre onde ficar em Veneza, vale uma explicação sobre o funcionamento da cidade. A parte histórica é dividida em várias regiões, conhecidas como sestieri: são ao todo seis (Cannaregio, San Marco, Castello, S. Croce, San Polo e Dorsoduro). A maioria das pessoas procura se instalar em San Polo e San Marco pela proximidade das principais atrações turísticas: Rialto e Catedral de San Marco, respectivamente. Nós, no entanto, resolvemos nos hospedar em Cannaregio, um pouco mais afastado, e adoramos. Aqui, vamos listar 5 razões pela qual vale muito a pena ficar nessa região.

 

1) É a região mais prática para os deslocamentos

onde ficar em veneza

Os pontos de Vaporetto de Cannaregio levam a Murano e Burano

Você perceberá que fez bem em ficar em Cannaregio no momento em que for ao hotel/hostel/apartamento com suas malas. Este é um dos grandes transtornos para quem chega a Veneza, porque o acesso entre as ilhas é todo feito por pontes repletas de escadas. Praticamente não há rampas na cidade, o que a torna complicada também para carrinhos e cadeiras de rodas.

Como Cannaregio está próximo da estação ferroviária e também do terminal de ônibus, você terá de enfrentar um número bem menor de obstáculos. E se você se hospedar nas proximidades do Campo San Geremia, não terá de encarar escada nenhuma.

Cannaregio é vantajoso também como ponto de partida para outras localidades turísticas de Veneza, como Murano e Burano. Os principais pontos de Vaporetto estão bem pertinho.

Mas e as principais atrações turísticas, não ficam longe? Não, não ficam. A porção histórica de Veneza não é assim tão grande e uma caminhada de um ponto a outro é relativamente curta, além de muito agradável.

 

Leia mais sobre a Itália

Saiba como viajar de trem pela Itália

Milão: guia prático para viajantes

Dicas para quem vai a Florença pela primeira vez

Siena: uma parada obrigatória na Toscana

 

2) Os preços são mais em conta
Veneza é conhecida por ser uma cidade cara. Restaurantes, bares, mercados, atrações turísticas… tudo tem um preço salgado, especialmente para nós, brasileiros, que precisamos comprar euros com uma moeda desvalorizada.

Em Cannaregio, a situação é um pouco diferente: os preços são mais baixos e as atrações mais acessíveis, sem que haja um declínio de qualidade. Cannaregio segue a velha máxima de qualquer cidade turística: basta se afastar um pouco do burburinho turístico que os preços caem.

 

3) Cannaregio é onde vive o veneziano

onde ficar em veneza

Em Cannaregio vivem os venezianos que resistem na porção histórica da cidade

Veneza vive um processo, acelerado e preocupante, de “expulsão” dos moradores tradicionais. O elevado custo de vida tem feito com que os antigos e autênticos venezianos deixem as ilhas para viver na região continental. Estima-se que, em 30 anos, todos eles tenham ido embora, deixando a cidade histórica apenas para ricaços ou turistas.

Uma região que tem sofrido menos esses efeitos é, justamente, Cannaregio. Passear por algumas de suas ruas é conhecer melhor o veneziano, seus hábitos e preferências. É a região onde mais se ouve o italiano, justamente porque é onde há menos turistas (há muitos, mas nem se compara com os outros sestieri).

Com essas características, Cannaregio acaba se tornando a região ideal para quem busca uma cidade mais autêntica. Também é ótima para quem optar por hospedagem em apartamento, como foi nosso caso. A região é tão “veneziana” que encontramos até mesmo um supermercado onde os locais fazem suas compras. A unidade da rede Billa é enorme, de proporções consideráveis para uma cidade medieval formada por ilhotas. A variedade de produtos é grande e, como se não bastasse, os preços são baixos até mesmo em comparação com outras cidades turísticas da Itália.

 

4) É o local com menos muvuca

onde ficar em Veneza

Dá para flanar em várias vias sem precisar desviar das multidões

Se você não gosta de acordar com o barulho de pessoas conversando, cantando e gritando na sua porta, escolha um apartamento em um andar bem alto. Porque Veneza ferve de uma maneira incrível, desde muito cedo. As pessoas invadem as ruas fazendo um barulho considerável.

Se sua hospedagem estiver na rota das grandes atrações, a situação é ainda pior. Por isso, Cannaregio é o recanto ideal para os que buscam um pouco de sossego. Por estar mais ao norte, o fluxo diário é de pessoas saindo de lá, e não chegando ou passando por lá. No início da tarde, algumas vias ficam bem silenciosas, porque a cidade toda está em San Marco e adjacências.

Todo esse sossego, aliado à existência de um prático supermercado nas proximidades, nos permitiu alguns dos melhores momentos na Itália: grandes banquetes em nosso apartamento e até um romântico piquenique à luz do luar, à beira de um canal. O lugar estava deserto porque todo mundo foi para os bares e restaurantes da região muvucada.

Mas se você também curte uma bagunça, fique tranquilo. Vias como a Rio Terá Lista di Spagna e a Strada Nuova são hipermovimentadas, com lojas, bares e artistas de rua.

5) O gueto judeu e o cassino

onde ficar em veneza

A cozinha kosher está bem representada pelos restaurantes do Gueto

A antiga República de Veneza foi a primeira nação do mundo a confinar os judeus em um gueto, ainda no início do século 16. Os moradores israelitas tiveram de viver espremidos em um pequeno quadrilátero de Cannaregio.

Hoje, 500 anos depois, muita coisa mudou na cidade, mas a região continua concentrando uma numerosa comunidade judaica. O que era um símbolo de opressão, no entanto, hoje se transformou em um bairro agradável, marcado pelas muitas placas em hebraico e ídiche.

Mas o melhor do gueto está, claro, nos muitos restaurantes especializados na cozinha kosher. São várias opções no gueto, a maioria situados em vias muito tranquilas, se comparado aos restaurantes de outras regiões.

onde ficar em veneza

Desde o século 17, o cassino encanta os turistas

Outro local pioneiro de Veneza (desta vez menos cruel) é o Casino di Venezia. Autoproclamada a mais antiga casa de jogos do mundo, foi inaugurada em 1638. Instalado às margens do Grande Canal, continua impactando pela sua bela fachada. O local também abriga um luxuoso hotel. Saiba mais sobre esse belíssimo ponto turístico.

Essas foram as razões que nos fizeram decidir onde ficar em Veneza. E você, já visitou a cidade? Qual região gostou mais?

FOTOS: FÁBIO MENDES E ÉRICA FRANÇA

veneza

 

18 thoughts on “Onde ficar em Veneza: listamos 5 motivos para se hospedar em Cannaregio

    1. Fábio Mendes Post author

      Oi, Jaqueline. Veneza é um local inesquecível! Faça de tudo para conhecer, porque vale a pena demais. Aproveite e confira também as outras matérias de Veneza que há no nosso blog. Abraços!

  1. Nini Ferrari

    Veneza é mesmo incrível!! Eu já me hospedei em Mestre e em Cannaregio, e com certeza dá para curtir bem mais estando em Cannaregio… Também recomendo essa região!! Adorei relembrar de Veneza com seu post!!

  2. Lilian Azevedo

    Visitei Veneza em 1994, minha primeira vez na Europa e nunca mais voltei sempre ouvindo que a cidade é caríssima. Quando penso em voltar penso em ficar num lugar assim,menos muvucado e mais barato.Muito bom saber dessa região.

    1. Érica França

      Lilian, na nossa viagem à Itália, fixamos morada em 4 cidades e Veneza foi de longe a mais barata delas, o que foi uma surpresa pra mim também!

  3. Tati Rosa

    Oba! Já sei aonde ficar quando vá para Veneza. Amei a dica dentro da vida como ela é. Além da economia, poder estar no meio dos moradores, já torna a escolha especial. Belíssima dica.
    Lindas fotos.
    Tati

  4. Malu Naves

    Erica meu sonho é conhecer Veneza! Só não sei se com filhos ou sem filhos… Hahahaha,….
    Adorei as dicas e as fotos estão linda o que me deu mais vontade de ir!!!
    bjs

    1. Érica França

      Que legal, Malu! Veneza é mesmo um destino romântico, mas por causa das pontes, dos canais, as crianças adoram, ficam encantadas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial