Festival Mucho: uma viagem sonora pela América Latina

música latina

Cinco atrações de diferentes país mostraram o melhor da música latina

O último domingo (8/5) foi um dia para fazer uma viagem pela América Latina, sem sair de São Paulo. A capital paulista recebeu a primeira edição do Festival Mucho. Cinco atrações subiram ao palco do Audio Club, na Barra Funda, e protagonizaram uma grande celebração da música latina.

Para os brasileiros, tão pouco acostumados a ouvir os artistas dos países vizinhos, foi uma oportunidade de ouro para conhecer um pouco dos sons ao nosso redor.

Aliás, esta foi a proposta do festival: trazer o melhor da produção musical latino-americana para o Brasil. Nós nos entusiasmamos muito com o evento e desde já estamos ansiosos pela segunda edição!

Música Latina

música latina

Gaby Moreno trouxe blues, country e o folk com tempero latino

Todas as atrações do Festival Mucho foram espetaculares. Foi ótimo ser apresentados a um pouco mais da música latina. Conhecer o Romperayo, da Colômbia, e dançar com seu ritmo cativante, foi uma ótima experiência. A banda foi a primeira a se apresentar e trouxe um pouco do que chamam de “música tropical”, com fortes influências caribenhas.

O grupo foi seguido pela excelente Gaby Moreno, da Guatemala, vencedora do Grammy Latino de 2016, como revelação, e indicada para o Grammy 2017, por seu álbum “Illusión”. Com uma voz ora potente ora suave, Gaby encantou o público com canções que vão do folk ao soul, passando pelo country com uma pegada latina. Incrível apresentação.

Em seguida, foi a vez da banda Francisco, el hombre, formada por mexicanos e brasileiros, subir ao palco. O grupo já conta com seu público cativo – um público que os acompanha por onde vão em busca de sua energia surpreendente. Eles apresentaram um repertório repleto de canções aguerridas e combativas, que falam de política, capitalismo e feminismo. O público foi à loucura.

música latina

A banda Francisco, el hombre impressionou pela forte presença no palco

Notevagustar

O Notevagustar é nossa banda do coração. Provavelmente, minha banda preferida pós Legião Urbana. Então, claro, minha emoção era poder vê-los pertinho de casa e de tão perto, com aquela energia contagiante.

Eu realmente acreditei que o Notevagustar não conseguiria manter a energia do local tão alta, após a performance energética e ardente de Francisco, el hombre. Mas os uruguaios não tocam em estádios para mais de 50 mil pessoas à toa. São profissionais, carismáticos e talentosos.

Com um setlist impecável, composto pelos maiores sucessos e clássicos da carreira, a banda incendiou o Audio Club.

música latina

Os uruguaios do Notevagustar fizeram um show impecável e emocionante

Nós já havíamos visto um show do Notevagustar, em Buenos Aires, quando o grupo fazia a gravação do DVD “Público”, em 2011, e foi épico. Milhares de pessoas pulando a cada música no LunaPark. O difícil, no entanto, era enxergar o palco.

Em São Paulo, a experiência foi outra. Desta vez, os vimos muito de perto (quanta emoção!). E, como era um primeiro contato com o público paulistano, o set list incluiu os maiores sucessos. Para abrir o show, a banda escolheu “Cero a izquierda”, seguida por “El Viento” e “Fuera de Control”. Ao longo do show, músicas clássicas desde o segundo disco, como “Clara”, “Verte Reír”, “Nada para ver” e “No hay dolor”.

Nada de baladas. O Notevagustar entrou no palco após um show energético da banda Francisco, el hombre – representante brasileira no festival – e manteve a energia alta. Muito rock e agito rolaram na pista.

música latina

Após seis anos, vimos os uruguaios ao vivo novamente. E agora, bem de pertinho

O Notevagustar já havia tocado no Brasil, mas apenas no Sul do País, onde a música latina é mais comum, especialmente perto da fronteira. Ter vindo a São Paulo, justamente em um festival de integração da cultura latino-americana, foi um grande e importante passo para esta aproximação.

Os músicos da banda são fãs dos Paralamas do Sucesso e durante o show, colocaram dois versos de La Bella Luna, cantados em espanhol – “A noite passada/ você veio me ver/ Na noite passada/ eu sonhei com você” – mas o Notevagustar e outros representantes das bandas vizinhas, como Paraguai, Uruguai, Chile e Argentina ainda não atingem tanto o público brasileiro.

Esperamos que, com a amostra que tivemos no Festival Mucho, este cenário mude.

Kevin Johansen

música latina

Kevin Johansen estava tão à vontade que chamou o público para subir ao palco

Após toda a energia, suor, pulos e rock, a noite se encerrou de forma tranquila, calma e divertida com Kevin Johansen, nascido no Alasca, filho de mãe argentina e pai americano. Com a banda The Nada, apresentou seu show concebido junto ao cartunista Liniers, com músicas que mesclam o português, espanhol e inglês, em divertidos trocadilhos, bromas e brincadeiras.

Johansen já é mais conhecido do público paulistano, tendo apresentado seu último disco “Mis Américas” no Sesc Vila Mariana, em junho do ano passado.

O público mudou e casais dançavam pela pista enlevados pelas melodias do argentino-americano. Foi um belo encerramento para um festival que já deixou saudades.

15 thoughts on “Festival Mucho: uma viagem sonora pela América Latina

  1. Marta

    Algumas bandas já conhecia, mas não sou tão fã de música latina, mas acredito q um festival assim nos faz aprender conhecer e até gostar do genero.

  2. Rafael

    Tai um show que nunca fui, de músicas latinas, acredito que se a minha mulher gostasse não teria problema de ir até São Paulo para assistir, deve ser no mínimo interessante

    Abraços
    Rafael

  3. Erika Monteiro

    Oi, tudo bem? Que evento mais incrível! Sou apaixonada por música em espanhol, participar de algo assim deve ser muito bom. Ainda não tive oportunidade, mas está na minha lista de sonhos. Beijos, Érika =^.^=

  4. Paula Cardoso

    Amo esse tipo de iniciativas. Fá-los viajar mesmo sem sair do lugar. Eu sou apaixonada pela música latina. Uma música quente e impossível ficar só olhando. Os pés ganham vida e o corpo acompanha o movimento.
    Óptimo post, como sempre.
    Beijinhos
    Paula Cardoso
    Magianaspalavrasbypaula.blogspot.pt

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial