Museo de la Pasión Boquense: eis a atração ideal para os (muito) loucos por futebol

museu boca juniors

Mais de 100 anos de história do Boca Juniors estão resumidos no museu

Um dos programas clássicos de quem vai a Buenos Aires é conhecer La Bombonera, o mítico estádio do Boca Juniors. A casa do mais popular clube de futebol da Argentina abriga muita mística, sangue, suor e história. Tudo isso devidamente guardado para a posteridade no moderno Museo de la Pasión Boquense, nome oficial do Museu Boca Juniors.

O estádio e o museu Boca Juniors estão a apenas dois quarteirões do Caminito, outra conhecida atração turística da cidade. Logo ao longe, é possível ver a estrutura de concreto que abrigas as famosas arquibancadas inclinadas, quase verticais. La Bombonera assim foi construída para que o estádio pudesse comportar o maior número de pessoas possível em um terreno exíguo.

Oficialmente denominado Alberto J. Armando, o estádio ganhou o apelido de La Bombonera por se assemelhar a uma caixa de bombons. Mas quando está cheio, a impressão é de uma câmara de eco, graças à sua arquitetura incomum e o fanatismo dos “xeneize”.

Ainda caminhando pelos arredores do estádio, é possível encontrar várias lojas de souvenires do clube, que vendem desde chaveiros até bandeiras e DVDs. Próximo à entrada do clube, a primeira exibição de glória do time: um mural com 21 estrelas, simbolizando os maiores ídolos do clube, com destaque para Don Diego Maradona. Entre os eleitos, está o centroavante brasileiro Paulinho Valentim, que jogou no clube nos anos 1960.

O Museu
Autoproclamado “o primeiro museu de futebol da América Latina”, ele serviu como influência para o Museu do Futebol, em São Paulo, ao combinar tradição com modernidade. Ao mesmo tempo em que evoca os tempos românticos do futebol argentino, o local usa e abusa da tecnologia, com vídeos, totens interativos e muita informação disponível em formatos digitais.

museu Boca Juniors

Recursos tecnológicos são muito bem explorados no museu

Logo à entrada há um corredor com uma extensa galeria com todos os jogadores que já atuaram pelo clube na era profissional. Em uma sala anexa, um espaço mais nobre aos maiores ídolos, como Francisco Varallo, Jaime Sarlanga e, claro, Diego Maradona.

Outras seções mostram a história do bairro da Boca, formado por proletários e imigrantes pobres, e a saga do estádio La Bombonera. Mais à frente há a galeria de títulos, com televisores exibindo imagens de acontecimentos do mundo, da Argentina e do clube nos anos em que se sagrou campeão.

Museu Boca Juniors

O passeio pode incluir a visita às arquibancadas e à geral

No andar superior, mais glórias. A sala de troféus exibe as principais taças obtidas pelo clube xeneize e muitos objetos preciosos, alguns remetendo a derrotas. Como a camisa que Pelé usou na final da Libertadores de 1963, jogada em La Bombonera e vencida pelo clube paulista (o Boca só voltaria a perder em casa nesta competição em 1994).

Uma atração interessante do Museu Boca Juniors é o cinema 360º, que mostra a paixão da torcida pelo clube e também o duro caminho enfrentado pelos jovens jogadores, desde as categorias de base até a glória como titular.

Para completar, há a possibilidade de conhecer o interior do estádio, passar pelas arquibancadas e também pela geral, onde os torcedores acompanham o jogo em pé e celebram os gols subindo no alambrado. Infelizmente, isso não é permitido aos visitantes. Mas quando fui ao estádio, não houve nem tempo de a guia avisar da proibição: já havia cinco brasileiros encarapitados lá no alto, vivendo seus momentos de xeneize. Sim, o Boca fascina.

FÁBIO MENDES
FOTOS ÉRICA FRANÇA E DIVULGAÇÃO

 

Museu Boca Juniors
Museo de la Pasión Boquense

Endereço: Brandsen 805, Boca
Horário: Todos os dias, das 10 às 18 horas
Preço: AR 75 (museu), AR 80 (visita express + museu) e AR 90 (tour + museu). Menores pagam, respectivamente, AR 50, AR 55 e AR 65.

 

Leia mais:

Matérias compiladas de Buenos Aires

Estádio Centenário, em Montevidéu

4 thoughts on “Museo de la Pasión Boquense: eis a atração ideal para os (muito) loucos por futebol

  1. Alessandra Ramos

    Meu filho amaria!! Levamos ele ao Museu da Seleção Brasileira, ele ficou eufórico com tudo! Fico imaginando ele visitando o Museu Boca Juniors, ele ama obter informações, saber a história do time, a historia local…apaixonado por futebol!
    Quem sabe um dia o levaremos até la´! Adorei o post, o museu é lindo!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial