22 filmes no Netflix para quem ama viajar

melhores filmes netflix

O documentário brasileiro “Transpatagônia” é um dos filmes que inspiram os viajantes

ATUALIZADO EM 02/05/2017

É comum os assinantes do Netflix reclamarem que passam horas buscando algo para assistir, mas não conseguem escolher. É como uma doença moderna: você tem tanta opção à sua frente que fica ansioso e com medo de escolher errado. Não se preocupe, isso acontece em todas as famílias. E todos acabam levando 3 horas para conseguir assistir a um filme de pouco mais de uma hora e meia.

Para você não se estressar na hora de escolher, preparamos uma lista com 22 dos melhores filmes Netflix para quem ama viajar. São filmes que te colocam em outro país, em outra realidade, te pegam pela mão e o levam para passear.

Na próxima vez que você ligar o Netflix, não perca tempo. Escolha um dos filmes abaixo e faça uma boa viagem!

1) Into the Wild

O livro inspirou o filme, que se tornou um clássico e uma obra-prima com a trilha sonora de Eddie Veder. “Into the Wild” ou “Na Natureza Selvagem” conta a história verídica de Alexander Supertramp (nome real: Christopher McCandless ), um rapaz que parte para o Alasca em uma aventura em busca de si mesmo.

A fotografia é linda, os cenários espetaculares e a história…bom, assista-a. Super inspiradora. (Me contendo aqui com os spoilers).

Um dos filmes mais lindos e tocantes a que já assisti.

Leia também: 7 filmes no Netflix que se passam na Itália

2) Maidentrip

Você imagina uma garota de 14 anos brigando na Justiça pelo direito de dar a volta ao mundo sozinha em um veleiro? Imaginou? Esta é a história de Laura Decker. E aqui vai um pequeno spoiler: ela consegue este direito e dá a volta ao mundo sozinha. No percurso, filma paisagens lindas, compartilha dificuldades e descobertas em vídeos e em seu diário. Um filme impactante.

Leia também: 7 filmes do Netflix que se passam na Itália

3) Comer, Rezar, Amar

A americana Elizabeth Gilbert, em um período difícil após o divórcio, resolveu se aventurar pelo mundo. Buscou prazer na Itália, autoconhecimento na Índia e terminou de se encontrar na Indonésia.

O best-seller “Comer, Rezar, Amar” se tornou filme, com Julia Robers interpretando Liz Gilbert.

Passear com ela pela Itália, Índia e Indonésia é um grande prazer. Mas o filme é mais indicado para mulheres, talvez pela identificação com as questões femininas que permeiam a história da autora.

4) Cartas para Julieta

Mais um filme romântico com as belas paisagens italianas de fundo. Sophie (Amanda Seyfield) encontra cartas apaixonadas para Julieta (Sim, a personagem de Shakespeare!) e sai em busca dos personagens que as escreveram. Vale acompanhar esta busca pelas ruelas de Verona e, de carro, pelas estradinhas e campos de girassóis da Toscana.

5) Para Roma com Amor

Se você ainda não se cansou da Itália (quem há de se cansar da Itália?), é hora de assistir a um dos atuais e mais interessantes filmes de Woody Allen. Em “Para Roma com Amor”, como é de praxe em seus filmes, a cidade é um grande personagem. E não há como não se apaixonar por ele. No enredo, quatro histórias se desenrolam com a Cidade Eterna como pano de fundo. Penélope Cruz, Alec Baldwin, Ellen Page, Roberto Benigni estão no filme. Preciso dizer mais?

6) Meia noite em Paris

Woody Allen novamente escolhe um excelente personagem para seus filmes. Desta vez, a Cidade Luz. Acompanhe Owen Wilson pelas ruas de Paris dos anos 20, enquanto Rachel McAdams passeia pela Paris atual. (Não posso explicar, estou me contendo aqui com os spoilers).

Um passeio por Paris e uma aula sobre cultura e arte francesas.

7) Antes da meia noite


Se você já assistiu aos dois primeiros filmes da trilogia (“Antes do Amanhecer” e “Antes do Por do Sol”), sabe que pode esperar diálogos longos e profundos e lugares de tirar o fôlego. Depois de 18 anos do primeiro encontro, que aconteceu em um trem na Europa, Jesse e Celine estão juntos novamente. O cenário agora é a espetacular Grécia. E a história do filme, mais madura como os atores, está menos para um romance adolescente e mais uma crise de meia idade. Continua imperdível.

Os filmes anteriores da trilogia não estão no Netflix, mas vale procurá-los também. Incríveis.

8) A Grande Beleza

Roma novamente? Sim. Em “A Grande Beleza”, o escritor Jap Gambardella (Toni Servillo) reflete sobre sua vida. Enquanto reflete, nos leva aos pontos mais emblemáticos de Roma. Também somos levados, com ele, a questionarmos a forma que escolhemos viver nossas vidas.

9) Na Estrada

O diretor brasileiro Walter Salles se amarra em Road Movies. Depois de se consagrar internacionalmente com um deles (o multipremiado “Central do Brasil”), continuou investindo no filão, agora em produções gringas. Depois de adaptar os diários de viagem de Che Guevara em “Diários de Motocicleta”, foi a vez de criar uma versão cinematográfica de “On the Road”, o clássico beatnik do escritor Jack Kerouak. Estrelado por Kristen Stewart (saga “Crepúsculo”), o filme mostra a viagem de um jovem pelos EUA em busca do autoconhecimento. Sexo e drogas permeiam essa jornada.

10) Asthma

Gus, um artista problemático e desengonçado, convida a amiga Ruby para uma viagem de carro (roubado). Em meio a belos cenários, a relação entre ambos passa por várias reviravoltas. O filme ganha novos contornos quando surge a mãe de Gus, interpretada por Rosanna Arquette. O roqueiro Iggy Pop faz uma ponta no filme, que vale a pena ser conferido.

11) Journey to Greenland

Produção da própria Netflix e que estreou no site este ano, o filme é dirigido pelo francês Sébastien Betbeder e conta a história de dois amigos que viajam à Groenlândia para encontrar o pai de um deles. Enquanto conhecem um pouco dos curiosos hábitos locais, eles colocam em xeque a sua amizade. As belíssimas cenas desse lugar distante e inóspito chamam a atenção e fazem bater o coração dos mais aventureiros.

12) Transpatagônia


Guilherme Cavallari cruzou por seis meses a Patagônia e Terra do Fogo de bicicleta. De sua aventura nasceu o documentário “Transpatagônia”, de Cauê Steinberg. O aventureiro percorreu sozinho o trecho, evitando o asfalto e fazendo ainda trekking selvagem por 500 quilômetros, para explorar a região. O filme recebeu diversos prêmios.

13) Wildlike

O mote da história não é alegre: uma adolescente fugindo dos abusos do tio. Mas a fuga da garota a leva à autodescoberta, ao encontro com um amigo e protetor e a uma belíssima exploração no Alasca. Ela e seu novo amigo, um homem de meia idade que, a princípio, não queria nada além de uma expedição em silêncio, percorrem lindos cenários nos parques nacionais do Alasca.

14) Living on One Dollar

Dois amigos norte-americanos, de classe média, resolvem visitar a Guatemala após terminarem os estudos, para estudar in loco a vida de quem vive com menos de 1 dólar por dia. Neste documentário incrível, percebemos o poder da viagem e das conexões que fazemos pelo caminho. Os jovens, antes típicos estudantes de classe média americanos, se abrem a novas experiências, descobrem riquezas e misérias e se tornam novas pessoas. Além da viagem interior, você vai gostar das paisagens lindas vistas a partir da vila de agricultores.

Uma curiosidade: os jovens se tornaram super engajados e estão produzindo um documentário sobre a vida de refugiados.

15) Valley Uprising


Esse é um documentário para quem gosta de esporte de aventuras, cenários estonteantes e uma incrível história. “Valley Uprising” mostra os 50 anos da escalada em rocha no mítico Yosemite Valley, nos Estados Unidos. Dirigido pelo trio Peter Mortimer, Nick Rosen e Zachary Barr, o filme é espetacular e vai inspirar quem adora enfrentar o perigo e apreciar a natureza ao mesmo tempo.

16) Copenhagen

Durante uma viagem à Europa, o jovem e imaturo Willian chega a Copenhague, cidade natal de seu pai e onde espera encontrar o avô. Durante a jornada, conhece uma jovem garota, que o ajuda na procura e o faz mudar sua percepção sobre as mulheres e o mundo. As cenas passadas na capital dinamarquesa fazem juz à beleza da cidade e devem atrair os fãs dos países escandinavos.

17) Chef

Cansado da falta de autonomia no restaurante em que trabalha, o personagem de John Favreau resolve inovar e…é despedido! Impelido pela necessidade, por amigos e pela família, resolve voltar a cozinhar de forma autêntica. Compra um trailler, o reforma e sai pelas cidades cruzando a América e vendendo seus lanches de dar água na boca.

18) Jiro Dreams of Sushi

O documentário não é de viagem, mas acompanhar a história deste mestre do sushi de 85 anos, Jiro Ono, certamente nos dá vontade de voar para o outro lado do mundo, provar sua comida e experimentar in loco a sua cultura.

19) Colegas

Este é um dos mais belos e tocantes filmes já feitos no Brasil desde a retomada do cinema nacional, em 1995. Três amigos com síndrome de Down fogem da instituição onde vivem e resolvem realizar seus grandes desejos. Em meio a fugas e muitas confusão, vivem uma inesquecível aventura. A fotografia do filme e as locações pelo Brasil (e também Argentina) são o ponto alto do filme, assim como as dezenas de referências a clássicos do cinema, que vão agradar em cheio aos cinéfilos de plantão.

20) Um Verão para Toda Vida

Quatro adolescentes órfãos ganham a oportunidade de passar, pela primeira vez, o verão fora do orfanato em que vivem. Nesta viagem, encontra um casal que não pode ter filhos. Quando este casal mostra interesse em adotar um deles, a tensão e a rivalidade nasce no grupo. O filme chama a atenção pela participação de Daniel Radcliffe, que interpreta Harry Potter na série homônima, e pelas cenas nas belíssimas praias australianas.

21) A Praia

Leonardo di Caprio é um viajante que, em posse de um mapa, busca um paraíso secreto na Terra, uma ilha paradisíaca sem a presença de turistas. O paraíso acaba não sendo tão perfeito quanto parece. A partir deste ótimo filme, praias como Ko Phi Phi, na Tailândia, começarem a figurar em bucket lists de viajantes ao redor do mundo.

22) Up – Altas Aventuras

Sim, há uma animação nesta lista! Uma linda e inspiradora animação, indicada para quem adora viajar. O filme é uma lição de vida, que nos mostra que temos de seguir nossos sonhos e que não há idade para fazermos o que realmente queremos. Assista dublado para ouvir Chico Anísio como o ranzinza (e um pouco fofo!) Senhor Fredricksen.

Neste post, você conferiu 22 dos melhores filmes Netflix para quem adora viajar. Você já assistiu a outro título no Netflix que deveria figurar nesta lista? Conte-nos na Caixa de Comentários?

ÉRICA FRANÇA 

Assine nossa lista e receba conteúdo exclusivo!

20 thoughts on “22 filmes no Netflix para quem ama viajar

  1. Alessandra de Assis

    Caracolis………..dos 22 filmes, vi apenas quatro. Bora fazer ferver a Netflix com essas indicações.

    1. Érica França Post author

      Que bom que ainda tem 7 pra ver Natascha. Eu também sempre que conecto, fico buscando filmes de viagem pra viajar do sofá de casa. Beijo.

  2. catia cruz markovsky

    ja vi alguns, e acreditem nunca havia assistido The beach, ai passei 20 dias em Phi phi e assisti em uma noite la pela tv, hahha….agora bora ver as outras opcoes…

    1. Érica França Post author

      Cá, você assistiu estando lá, rs. Medo! Assista os outros, são ótimos! E a gente viaja junto. Beijos e saudades!

  3. Clarissa

    Conheço só alguns da lista, dentre eles o meu preferido da vida: winto the wild, e tambem o Up, que dá mesma forma me fez chorar litros quando descobri o sonho do sr Fredricksen é o mesmo que o meu: conhecer a Angel Falls.
    E detalhe, eu absolutamente não sou de chorar em filmes. Esses realmente me tocaram.
    Adorei a lista!!! Bora conhecer mais filmes!!

    1. Érica França Post author

      Oi, Clarissa, que bom te ver por aqui! Into the Wild está em primeiro lugar e não é à toa…é o vídeo da minha vida também. A música Guaranteed é a música que mais fala comigo. E quando vi Up também chorei demais com aquele começo…acabo me identificando, rs…Assista aos outros, são muito bacanas. Nos fazem realmente viajar. Um beijo.

    1. Érica França Post author

      Que bom que gostou! A lista é ótima e a intenção é esta mesmo, ajudar a não perder tanto tempo procurando, rs.

  4. Luis Miragaia

    Show de bola essa lista!!!
    Se me permitir, gostaria de acrescentar mais um filme…rs
    Assista O Caminho (The Way), com Martin Sheen, muito bom também!!!

  5. Lenny

    Excelentes dicas, eu já assisti alguns …Cartas para Julieta É um filme romântico, eu amei suas indicações são tipos de filmes que eu adoro assistir, abraço.

    1. Érica França Post author

      Ah, que bom, Lenny! Nós amamos estes filmes. Cartas pra Julieta eu vejo, revejo, amo e choro todas as vezes! 🙂

  6. Anna Vlis

    Amei a seleção, sou simplesmente apaixonada pela Itália. Da lista já vi
    Na Natureza Selvagem , Comer, Rezar, Amar , Cartas para Julieta, Para Roma com Amor , Sete anos no Tibet , Chef , Colegas, A Praia e Up – Altas Aventuras.

    Jiro Dreams of Sushi , está na minha lista de filmes para vê esse mês. Amei a seleção, ops já disse isso neh? Rsrsrs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial