Linha Turismo Curitiba: uma forma prática e barata de passear pela capital paranaense

Teatro do Paiol – vista do ônibus

Em uma nova cidade, as linhas dedicadas exclusivamente ao turismo são interessantes para te dar um panorama do local. No geral, você pega a linha no primeiro dia e, depois, mais ambientado, pode fazer os passeios sozinho.

No caso de Curitiba, bela cidade que visitei recentemente, a Linha Turismo engloba todos os pontos de interesse do turista e, caso você não tenha muito tempo na cidade, ela já é suficiente para lhe apresentar os encantos do município. Em uma viagem, você pode conhecer os principais pontos turísticos.

Em um percurso que dura cerca de duas horas e meia, você passa por 25 pontos de interesse no município. A cada novo local, uma gravação te explica onde você está (em português, inglês e espanhol). Há uma paradinha estratégica para você tirar uma foto a partir do ônibus mesmo.

Museu Oscar Niemeyer – o olho é a vedete das fotos a partir do ônibus

Além de passar pelos pontos mais interessantes de Curitiba, você tem direito a desembarcar em quatro deles. Ao entrar no ônibus, você paga a tarifa de R$ 27 e recebe uma cartela com quatro tickets. A cada embarque, um ticket é destacado. Você também recebe um mapa com a descrição dos locais visitados, para facilitar a sua escolha de onde descer.

A Linha Turismo Curitiba passa a cada meia hora. Portanto, dá para você descer, visitar o local e calcular quando chega o próximo ônibus.

O bacana é ver a cidade a partir do segundo andar do ônibus. Mas há alguns lugares no andar de baixo, para quem tem mobilidade reduzida, está com criança ou simplesmente não quer passar frio mesmo.

O primeiro ônibus sai da Praça Tiradentes às 9h. O último horário é às 17h30.

A vontade é de descer em cada parada e visitar cada novo parque. Qual sua parada preferida? Por quê? As minhas, vocês verão nos próximos textos.

Jardim Botânico – uma das paradas da Linha Turismo

Linha Turismo Curitiba
Quanto: R$ 27

Como: Embarque em qualquer um dos 25 pontos. Você pode descer em mais quatro atrações.

Duração: O percurso completo dura cerca de duas horas e meia

Pontos turísticos visitados

1. Praça Tiradentes;
2. Rua das Flores;
3. Rua 24 Horas;
4. Museu Ferroviário;
5. Teatro Paiol;
6. Jardim Botânico;
7. Estação Rodoferroviária/Mercado Municipal;
8. Teatro Guaíra/ Universidade Federal do Paraná;
9. Paço da Liberdade;
10. Passeio Público/Memorial Árabe;
11. Centro Cívico;
12. Museu Oscar Niemeyer;
13. Bosque do Papa/Memorial Polonês;
14. Bosque Alemão;
15. Universidade Livre do Meio Ambiente;
16. Parque São Lourenço;
17. Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski;
18. Parque Tanguá;
19. Parque Tingui;
20. Memorial Ucraniano;
21. Portal Italiano;
22. Santa Felicidade;
23. Parque Barigui;
24. Torre Panorâmica;
25. Setor Histórico.

TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTOS: ÉRICA FRANÇA E FÁBIO MENDES

Receba os posts do Viajante em Tempo Integral por e-mail

Leia também:

Curitiba: cidade dos grandes parques

Ópera de Arame

Pedreira Paulo Leminski

Jardim Botânico

Museu Oscar Niemeyer

Torre Panorâmica

Paço da Liberdade

 

2 thoughts on “Linha Turismo Curitiba: uma forma prática e barata de passear pela capital paranaense

  1. Pingback: Curitiba: maior média de parques por habitante « Viajante em tempo integral

    1. Fábio Mendes

      A Linha Turismo é sensacional! Não é nenhuma ideia revolucionária, mas é muito legal ver que é aplicável aqui no Brasil. O fato de Curitiba ser uma cidade tão organizada só facilita as coisas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial