Revezamento em grandes museus: saiba porque essa tática funciona, e muito bem!

O revezamento é a melhor forma para visitar museus como o Palazzo Ducale

O revezamento é a melhor forma para visitar museus como o Palazzo Ducale

A visita a grandes museus foi ponto crucial no planejamento de nossa viagem para a Itália. Como ir a Roma e deixar de ver os museus vaticanos? Ou não visitar a Galleria degli Uffizi, em Florença? O grande desafio era encaixar esses passeios, sempre longos e puxados, em uma viagem com uma criança de dois anos. Em se tratando de uma menininha irrequieta como a Carolina, a missão se torna ainda mais espinhosa. Foi então que decidimos tomar uma decisão simples, que eliminou todos os dilemas: por que não nos revezarmos na visita aos maiores museus?

Foi exatamente o que fizemos em nossa viagem. Em um dia, um de nós ia para a visita, enquanto o outro cuidava da filhota. No dia seguinte, os papéis se invertiam. Adotamos o estratagema para visitar três grandes museus: o Palazzo Ducale, em Veneza; a Galeria degli Uffizi, em Florença; e os museus vaticanos, no Vaticano.

E em todos os casos o plano funcionou a contento: Érica e eu visitamos adequadamente os museus, sem estresse ou preocupação com a pequena. E a Carol, por sua vez, aproveitou bem o dia, sem se aporrinhar com um programa essencialmente adulto.

Resolvi elencar aqui alguns dos motivos pelos quais esse revezamento se tornou uma boa estratégia. Aprendemos como visitar museus sem comprometer o resto do dia e, assim, aproveitar outras atrações da cidade:

1) Você pode ir mais cedo

Acordar cedo é fundamental para encarar museus como os do Vaticano

Acordar cedo é fundamental para encarar museus como os do Vaticano

Essa é a regra de ouro para quem deseja fugir das multidões nos museus mais famosos: é preciso chegar muito cedo, de preferência meia hora antes do horário de abertura e com o bilhete comprado antecipadamente pela internet. Evidentemente, fica difícil ser pontual dependendo de outros: já imaginou ter uma visita ao Vaticano marcada para as 9 horas e, na hora H, a criança resolve dormir pesadamente? Com o revezamento, isso deixa de ser problema: basta escolher o horário que lhe parecer melhor e ir. O (a) companheiro (a) fica cuidando da petizada.

2) O sono das crianças não é interrompido
É de cortar o coração interromper o sono de uma criança por causa de um compromisso. Ainda mais porque sabemos o trabalhão que dá fazê-las dormir. Revezando-se nas visitas, você não precisa acordá-la cedo demais nem deixar para ir mais tarde, quando os museus estarão apinhados. Os filhos poderão dormir até o horário em que seu organismo decidir. Acredite: isso fará um bem tremendo ao humor dos pequenos e, consequentemente, dos pais.

3) Os programas infantis não precisam ser sacrificados

A estratégia também ajuda a organizar os programas com a criançada

A estratégia também ajuda a organizar os programas com a criançada

Essa é uma realidade com a qual você vai ter de lidar ao viajar com crianças: a programação precisa levá-las em conta. Parques, jardins, zoológicos, aquários, shows infantis e afins passarão a constar da agenda do dia. Com o revezamento, é possível garantir à criança essas diversões. Em nosso planejamento tornou-se comum um de nós levarmos a Carolina a um parque pela manhã. Assim, esperávamos de forma tranquila por quem foi ao museu. Fechávamos o dia todos juntos, brincando em alguma área verde ou visitando o zoológico, por exemplo. Locais como a Villa Borghese (Roma), Parque Sempione (Milão) ou o Palazzo Pitti (Florença) são perfeitos para isso, pois são grandes e reúnem muitas atrações, que preenchem o dia.

4) Você pode, de fato, ver o museu
Quem já tentou ir a um museu (qualquer um) com criança pequena, sabe: ou você visita o local ou cuida da cria. Fazer de forma satisfatória as duas coisas é impossível. Como olhar para o teto da Capela Sistina se há o risco de o (a) filho (a) sair correndo e sumir da sua vista? Sozinho, você poderá se esbaldar e visitar o museu da forma que melhor lhe convir. Você poderá ler os avisos, ouvir o audioguia, contratar um guia ou passar longos minutos apreciando algum detalhe, sem medo de ser feliz.

5) O caminho das pedras
Por mais que você leia e estude sobre uma determinada atração turística, sempre há algum imprevisto: um feriado desconhecido que superlotou a atração, um cruzeiro fora de hora ou algo do tipo. Isso sem falar em informações que podem escapar da mente, de uma hora para outra (o gênio aqui não se lembrou de onde ficavam os quadros do Botticelli em Florença e, quando os encontrou, a sala estava lotada). Com o revezamento, o primeiro a visitar pode passar o caminho das pedras ao segundo.

Evidentemente, cada pessoa possui interesses distintos nesse tipo de passeio. Para quem apenas deseja “ticar” uma atração turística obrigatória, a ideia do revezamento pode não parecer tão boa. Afinal de contas, o casal leva dois dias para visitar um único lugar. No entanto, se você quer conhecer melhor um museu ou seu acervo sem ter de, no processo, sacrificar o bem estar da criança, essa é a melhor decisão a tomar. Locais como os museus vaticanos são enormes e exigem grande atenção. Se você deseja conhecê-los um pouco melhor, terá de dedicar ao menos quatro horas bem planejadas e sem correria.

Resolveu adotar a estratégia? Depois conte-nos como foi a experiência!

TEXTO: FÁBIO MENDES
FOTOS: FÁBIO MENDES E ÉRICA FRANÇA

 

Leia mais dicas de viagem com crianças:

Documentos para viajar ao exterior

Como entreter uma criança em uma viagem

Hotel Fazendão

Oceanário de Lisboa

Aquário Municipal de Santos

12 thoughts on “Revezamento em grandes museus: saiba porque essa tática funciona, e muito bem!

    1. Érica França

      Oi, Lucimar. Pois é, quando viajamos com crianças, o planejamento é um item fundamental. E foi ele que nos permitiu visitar com calma estas atrações.

  1. Ana Paula

    Bem bacana seu post!
    Eu adoro museus, e acho que sempre são a parte mais interessante da viagem.
    Quando eu fui no Vaticano eu pirei!!!!!
    Muita história antiga junta em um só lugar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial