Como alugar apartamento de temporada

Como alugar apartamento

Alugar um apartamento é uma opção econômica para estadias mais longas

Uma das melhores formas de economizar em uma viagem é alugando um imóvel de temporada. Se a viagem dura mais de cinco dias, vale a pena pela economia e praticidade. Além disso, a experiência fará você se sentir um cidadão de uma nova cidade. Por isso, é importante saber como alugar apartamento para essas ocasiões.

Existem outras formas de hospedagem mais baratas, como os hostels, bed and breakfasts e o couchsurfing (em que você se hospeda gratuitamente em um “sofá” na casa de outro membro da comunidade). Já experimentei vários hostels e também recomendo. Mas, na condição atual, de família com criança pequena, o apartamento é o que mais atende às necessidades.

VANTAGENS de ficar em um apartamento alugado:

1) Você vai se sentir um morador daquela localidade, o que é bacana, porque vai te colocar em contato com o dia a dia da região;

2) Você pode cozinhar em casa. Passeie por feiras e mercados da região, invista em produtos frescos e inove na cozinha. Isso significa alimentação mais saudável e economia;

3) Se você gosta de rotina ou tem uma criança que precisa do mínimo de rotina para dormir, por exemplo, o apartamento é super indicado. Afinal, é como se você estivesse em casa, mas em uma outra cidade;

4) Economia: alugar um apartamento é bem mais barato do que ficar em um bom hotel.

como alugar apartamento

Informe-se sobre o imóvel e a região onde está localizado

Encontre seu apartamento no Booking.com (1)

Antes de alugar um cantinho para chamar de seu em qualquer lugar do mundo, é preciso tomar alguns cuidados. Veja COMO PROCEDER para alugar seu apartamento de temporada:

1) Pesquisa – Pesquise muito. Veja fotos dos apartamentos e/ou casas. Informe-se sobre a cidade e a vizinhança (o local é barulhento à noite?). Leia depoimentos sobre quem já se hospedou no local. Envie e-mail para locador – seja imobiliária ou dono – e tire todas as dúvidas que tiver.

2) Sites especializados – Faça as pesquisas em sites conhecidos no ramo de aluguel de temporadas. No Brasil, o AlugueTemporada, é indicado. O site une locadores e locatários, mas não participa das negociações e nem é responsável por elas. Leia depoimentos, pegue o endereço do imóvel, olhe a vizinhança no Street View e, mais uma vez, tire todas as dúvidas com o locador.

3) Apartamentos no exterior – Para viagens fora do Brasil, as opções são muitas. Dentre os sites mais conhecidos, estão o VRBO e o AirBnb. Você pode fazer a pesquisa por cidade, por número de quartos, por faixa de preço. Tire dúvidas, leia depoimentos. Geralmente, é preciso fazer um depósito de parte do valor, por meio de Cartão de Crédito ou do sistema PayPal.

4) Transporte público – Se alugar um apartamento é uma forma de economizar, de nada adianta gastar menos com a locação e uma fortuna com táxi para ir e vir de sua nova casa. Veja a localização do imóvel e se informe sobre a proximidade com estações de trem e metrô ou pontos de ônibus. Veja como fazer para chegar ao local a partir do aeroporto, para não deixar suas economias com o taxista.

5) Google Street View – O Street View é uma ótima ferramenta para você se situar no seu novo endereço. Veja o prédio onde vai se hospedar, visite as ruas próximas para sentir o “clima”, veja se há restaurantes, bares, supermercados nas proximidades. Se não gosta de barulho, evite ruas onde há bares. Ficar no centro de uma grande cidade pode ser uma mão na roda para acionar o transporte público, mas não é interessante para se estar à noite. Leve tudo isso em conta.

6) Quando chegar no apartamento, é provável que alguém esteja te esperando e te passe as informações do local. Geralmente, há um contrato a ser assinado, constando os itens existentes na casa e eventualmente o valor do caução a ser deixado. Veja se as condições do imóvel condizem com o que foi anunciado. Se o dono encontrar tudo da forma que deixou, o caução deve ser devolvido quando você devolver as chaves.

Chegada e saída
Quando você aluga um apartamento e já fez toda a troca de e-mails com o proprietário ou a agência locadora, você marca um horário para que alguém te espere no endereço.

Verifique ainda se todos os gastos estão incluídos no contrato, como energia e telefone. E, se houver Wi-fi, o que é de grande ajuda durante sua estada, peça login e senha.

Depois de assinar o contrato, deixar o caução, já marque um horário para que a pessoa venha fazer a vistoria e você devolva o apartamento. Lembre-se de verificar os horários de seu vôo ou passagem de trem.

Se você procura mais informações sobre o assunto, uma boa fonte é o site do Ricardo Freire.

TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTOS: VRBO

Leia também:
Dicas para viajar com economia

9 thoughts on “Como alugar apartamento de temporada

  1. Lucimar da Silva Moreira

    Fábio muitas informações importantes no seu post sobre esse assunto, o seu post foi muito esclarecedor, alugar um apartamento é bem mais prático do que ficar em hotel, só é preciso tomar alguns cuidados de como proceder na hora de procurar o hotel, as suas dicas vai ajudar muitos as pessoas, Fábio abraços.

    1. Fábio Mendes

      Que bom que gostou, Lucimar. A gente sempre busca alugar apartamento se ficar vários dias em uma mesma cidade. Tem dado certo sempre. É muito bacana e ajuda a economizar também. Abraços!

  2. Alessandra Ramos

    Nossa, Érica, que postagem maravilhosa…tenho amigas que vem ao Rio para o Show do Guns N´Roses, como entre o show de SP, Rio e Curitiba há bem uma semana para ficarem por aqui, optaram por alugar um apartamento pelas razões que você explicou. eu sinceramente não imaginava o quanto é melhor! Com todas as suas explicações, bem esclarecedoras e facilitadoras em todo o processo, de próxima estarei mais apta a ajudá-las!! Adorei!!!
    Beijão querida!
    Alessandra | http://www.divatododia.com.br | IG: @arrobadaale

    1. Fábio Mendes

      Obrigado, Denise. Espero que essas dicas lhe ajudem em uma viagem. Adoramos alugar apartamento, nos dá bastante liberdade. Abraços!

  3. Erica Oliveira

    Minha irmã usa esse tipo de serviço e realmente os preços são bem em conta, não sei qual o aplicativo que ela usa, mas sei que indica para todos os amigos por causa da praticidade e do fato de em geral se sentir mais em casa do que em um hotel.

    1. Fábio Mendes

      Realmente é muito prático, Erica. A gente consegue economizar não só na diária, mas também com alimentação, pois pode fazer compras no mercado e preparar algumas refeições em casa. E sim, a gente se sente muito mais em casa que em um hotel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial