Exposição do Castelo Rá-Tim-Bum volta a São Paulo a partir do dia 31 de março

Castelo Rá-tim-bum

Fachada do Castelo é a grande novidade da nova exposição

Atire a primeira pedra quem nunca voltou a ser criança ao se deparar com alguma recordação intensa da infância. Pode ser um jogo de futebol, uma brincadeira antiga ou um filme no cinema. Também pode ser um programa de televisão, como o clássico Castelo Rá-Tim-Bum, que embalou os sonhos de tantas crianças nos anos 90. A atração volta aos holofotes, saindo da telinha e se materializando em uma incrível exposição no Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir do dia 31 de março.

Ao todo, a exposição conta com 700 metros quadrados, distribuídos em 22 alas. Cada um destes espaços evocam os cenários utilizados no programa, que foi veiculado pela TV Cultura entre 1994 e 1997. Alguns são exatamente iguais aos da TV e os fãs de carteirinha certamente vão se lembrar de vários momentos da série.

Neste post nós vamos falar sobre os pontos mais interessantes da exposição do Castelo Rá-Tim-Bum. Mas não se preocupe: não vamos soltar spoilers e dar apenas uma palhinha do que vocês irão conferir. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos inclusive pela internet, no site www.ratimbumocastelo.com.br.

Novidades no Castelo Rá-Tim-Bum

“Rá-Tim-Bum – O Castelo” é uma versão revista e ampliada da exposição que levou centenas de milhares de pessoas ao MIS (Museu da Imagem e do Som), também em São Paulo, em 2014. A principal diferença entre as duas versões é que a nova contará uma fachada que reproduz fielmente o castelo, incluindo uma torre com 15 metros de altura e a indefectível bandeira no topo.

Outro setor acrescentado à nova exposição do Castelo Rá-Tim-Bum é a ala da Penélope, a intrometida jornalista interpretada por Ângela Dip. A personagem, aliás, marcou presença na coletiva realizada no Memorial da América Latina, divertindo e encantando aos jornalistas e blogueiros presentes.

Castelo Rá-Tim-bum

Figurinos originais da série também estão expostos no Memorial

A principal força da exposição será a interatividade, explicam os organizadores da Exposição. Os visitantes poderão interagir em algumas alas. Um exemplo é o da própria sala da Penélope, onde será possível ajuda-la na produção de suas malucas reportagens.

Com tantas novidades, quem visitou a exposição no MIS certamente vai poder aproveitar – e muito – a nova versão no Memorial da América Latina. E matar as saudades do Castelo Rá-Tim-Bum e seus personagens.

De tudo um pouco

Castelo Rá-tim-bum

Mau, Gato Pintado e o porteiro também estão presentes

Todos os personagens principais foram devidamente homenageados pela exposição. Figuras como o Dr. Victor, Nino, Morgana e os meninos Pedro, Biba e Zeca ganharam alas especiais. Nestes espaços estão figurinos originais da serie e croquis destes modelos, além de fotos das gravações e outros registros da época.

Outros personagens também estão muito bem representados na exposição. O Gato Pintado e sua biblioteca estão entre as melhores reproduções, assim como a grande árvore, onde vive a cobra Celeste. O Telekid, personagem que tira dúvidas das crianças e que era interpretado por Marcelo Tas, também tem um espaço considerável, assim como o vilão Dr. Abobrinha e os cientistas Tibio e Perônio.

É possível perceber o impacto que “Castelo Rá-Tim-Bum” produziu em toda uma geração ao conferir as reações dos adultos de hoje recordando os bons momentos da série. Durante a apresentação à imprensa, era possível ver várias pessoas cantando e recitando a cada seção visitada. Umas das alas preferidas foi a do João de Barro e as Patativas, com seu indefectível refrão “Passarinho, que som é esse?”. A seção do ratinho que toma banho e joga o lixo na cesta também fez sucesso e teletransportou muitos para os bons temos da infância. Vale aproveitar esta encantada máquina do tempo enquanto ela estiver funcionando em São Paulo.

Castelo Rá-Tim-Bum

Fotos, objetos e cenários: a exposição é bastante diversificada

Serviço

Exposição Rá-Tim-Bum – O Castelo
Memorial da América Latina – Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda, São Paulo-SP
Aberta ao público a partir do dia 31/3, às 19 horas.
Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 9 às 20 horas. Sábados, domingos e feriados, das 9 às 22 horas.
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada)
Bilhetes à venda no Espaço Gabo e no site www.ratimbumocastelo.com.br
Metrô: Estação Barra Funda (Linha 3-Vermelha)

viagem-com-criancas

 

 

19 thoughts on “Exposição do Castelo Rá-Tim-Bum volta a São Paulo a partir do dia 31 de março

  1. Lucimar da Silva Moreira

    Que legal essa exposição, é uma excelente sugestão para levar os filhos pra ver a exposição Rá-Tim-Bum – O Castelo, não só para as crianças mas também para os adultos, é um ótimo programa pra fazer, gostei muito da novidade, abraços.

  2. Fabiana

    Olá, tudo bem?
    Ai meu Deus essa exposição é maravilhosa. Gostaria muito de ir e ver de perto.
    O Castelo Rá-Tim-Bum era maravilhoso, parte linda da minha infância.

  3. Erica Oliveira

    Eu sou mega fã do castelo ra tim bum, fez parte da minha infancia e adolescencia e hoje fico mega feliz quando vejo essas exposições. E claro que eu visitarei rs

  4. Rayanni K.

    Ah meu Deus, até sonhei com essa exposição esses dias, queria muito ir, mas acho que não conseguirei 🙁
    Um bejo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial