Avenida Paulista: 120 anos com corpinho de 18 – Livrarias

livrarias

A Avenida Paulista é um dos meus lugares preferidos. Gosto demais de caminhar por lá, olhando os prédios, sentindo o vento no rosto (especialmente nos dias mais frios). Gosto de ver as diversas tribos – gente com skate, com carrinho de bebê, com cabelo azul, riponga ou indie – e ficar imaginando o mundinho de cada um.

E ali também é um dos meus lugares preferidos porque congrega vários espaços e programas legais, que têm tudo a ver comigo. E pela quantidade de tribos que a Paulista atrai, também tem tudo a ver com muita gente.

Em homenagem a esta avenida querida, que completa 120 anos (8 de dezembro), faço aqui uma série de matérias com uma compilação do que há de melhor na Paulista. Sei que cometerei a injustiça de deixar algumas coisas de fora, mas o que segue é a minha visão. Explore bem esta região e descubra qual a sua.

Ler é tudo de bom
Para mim a região da Paulista é tudo de bom para leitores ávidos por novidades, para quem gosta de livros ou prefere o Kindle, para quem lê em Português ou inglês, espanhol, francês. Para cinéfilos e para quem gosta de música. O que não falta são livrarias de ótima qualidade. Para estes, os programas ideias são:
– Fnac
Com área de leitura para crianças, livros mil, CDs, DVDs, Blu-rays,
eletroeletrônicos, games. Há um café bacana no andar de cima. Eis uma ótima livraria.

Tenho uma crítica para a Fnac, embora seja uma das minhas livrarias favoritas. Prefiro esta unidade à de Pinheiros, por exemplo. A crítica é que eles mudam geralmente as seções de lugar e nem sempre tenho paciência de encontrar tudo de novo. Mas, claro, muitos clientes adoram vasculhar o novo caminho.

Endereço: Avenida Paulista, 901 – De segunda a domingo, das 10h às 20h.

 

– Livraria Cultura

Livraria Cultura, no Conjunto Nacional

Livraria Cultura, no Conjunto Nacional

Eram várias lojas pequenas dentro do Conjunto Nacional, na esquina da Paulista com a Augusta. E elas deram lugar a uma gigante Livraria Cultura. E agora outras menores surgem em torno da matriz. Aproveite e passeie pelo Conjunto Nacional, que tem um vão bacana, com exposições, além de restaurante, lojas, caixas eletrônicos e cinema.

A matriz da Livraria Cultura é excelente, convida para uma tarde toda de leitura. Adoro o dinossauro de madeira onde as crianças podem entrar e ficar com seus livros. É um grande incentivo para os pequenos.

Há também uma seção de música e filmes e, no último andar, há um teatro (Eva Herz) e uma área apenas com música clássica. Há ainda uma infinidade de títulos (livros) em inglês, uma seção um pouco menor de espanhol e obras também em italiano, francês. Muito bacana.

Endereço: Avenida Paulista, 2.073, no Conjunto Nacional. Segunda a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 12h às 20h.

– Livraria Martins Fontes
Próxima à Paulista, é uma unidade bem grande. Confesso que a visito pouco em relação às outras, mas quando você precisar de um livro da marca, procure por lá, que provavelmente encontrará.

Endereço: Avenida Paulista, 509. De segunda a sexta-feira, das 9h às 22h; sábado, das 10h às 20h, e domingos e feriados, das 14h às 20h.

TEXTO: ÉRICA FRANÇA
FOTO: SPTuris

Leia mais sobre São Paulo no blog

 

5 thoughts on “Avenida Paulista: 120 anos com corpinho de 18 – Livrarias

  1. Fábio

    Esta é a minha guia predileta da Paulista! Ótima lembrança a da Martins Fontes e o desdobramento dos futuros textos idem.

  2. Silmara Colombo

    Eu adoro São Paulo, mas sou paulistana desgarrada, moro no interior do Estado e volto às vezes para conhecer um pouquinho mais de seus encantos. Na última visita conheci e me encantei pelo bairro da Liberdade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial